Solimar Silva
Crônicas, poesias, artigos diversos, livros, cursos, palestras e oficinas!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Como conseguir o primeiro emprego (parte 2)
 
Na semana passada, publiquei AQUI a primeira parte do artigo sobre como conseguir o primeiro emprego. Hoje, vou dar continuidade, mostrando três passos poderosos para quem quer conseguir o primeiro emprego depois da graduação.

1) Aproveite os estágios!
Muita gente cai de paraquedas em um curso superior, não fazendo planejamento detalhado para o sucesso. É importante começar a fazer escolhas desde cedo, perceber em que áreas da sua carreira você pretende se aprimorar. Nada mais passivo do que ficar esperando a grade de cada semestre e apenas estudar as matérias que lhe são apresentadas pela universidade.
Meu marido decidiu fazer transição de carreira aos trinta anos, iniciando um curso superior que não estava relacionado à area na qual ele atuava até então. Nossa estratégia foi planejar essa transição, a qual envolveria fazer estágios desde os períodos iniciais da faculdade, a fim de ganhar mais experiência. Ele não ficou cinco anos estudando para só depois começar a procurar emprego com o diploma em mãos.
Claro que essa escolha envolveu um retrocesso enorme nos ganhos mensais dele, visto que os salários de estagiários não são uma maravilha. Mas, foi o que garantiu que ele já adquirisse experiência valiosa e, portanto, fosse contratado na empresa onde estagiava assim que se formou.
Então, não espere a grade da faculdade ofertar os estágios obrigatórios. Procure por eles no seu primeiro dia de aula. Busque saber o que precisa para começar um estágio e mãos à obra!

2) Voluntarie-se!
Muitas oportunidades de trabalho vão surgir a partir de pequenos trabalhos voluntários que você faz durante o seu curso, seja na instituição onde estuda ou mesmo na sua comunidade.
Um ex-aluno da faculdade sempre era voluntário para ser intérprete quando recebíamos visitas de alunos e professores estrangeiros. Assim, quando surgiu a chance de os alunos receberem uma bolsa para estudar um semestre na Espanha, além de todos os requisitos necessários, ele tinha pontos extras por seu serviço voluntário. Lembre-se do que eu disse na primeira parte, quem não é visto não é lembrado. Mas, mais importante: você é lembrado como é visto!
Uma aluna recém-formada conversava comigo sobre como estava difícil arrumar emprego em sua área. Perguntei-lhe que serviços voluntários era vinha desenvolvendo. Nenhum. 
Sugiro que você considere em sua área de atuação e pense de que maneira pode contribuir para a comunidade onde atua. Podem ser palestras, amostras de serviço, pequenas participações, seja em igrejas, escolas, ONGs ou junto a outros grupos. Preste um bom serviço, divulgue sua marca, saia de casa, exercite o que estudou na prática. Essa prática pode render dividendos, seja por obter indicações das pessoas que tiverem contato com seu trabalho voluntário ou simplesmente por adquirir mais experiência e confiança para exercer sua profissão.

3) Escolha onde quer trabalhar
Você tem ideia acerca de onde quer trabalhar? Que empresa na sua área de atuação é a que mais te atrai? Já investigou o que precisa fazer para ingressar nessa empresa? Conhece o processo seletivo? Já conversou com pessoas que trabalham lá?
Faça uma lista das escolas, empresas ou ONGs onde pretende trabalhar. Busque conhecê-las, saber sobre sua missão e seus valores. Entenda como fazer parte do processo seletivo e prepare-se para trabalhar onde você escolher.
Planejar a carreira envolve ter em mente onde você quer chegar. Mesmo que a vida reserve muitas surpresas e, talvez, você nunca vá trabalhar naquela empresa para a qual se preparou, certamente ter elevado seu padrão vai te preparar para ser disputado por várias outras empresas. Ou, quem sabe, para você mesmo decidir ser um empreendedor e abrir a sua própria empresa.
Que outras dicas você tem para dar àqueles que estão procurando por seu primeiro emprego? Compartilhe suas experiências aqui nos comentários!
 
 
Solimar Silva
Enviado por Solimar Silva em 08/08/2016
Alterado em 29/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários